Previdenciária - Empréstimo consignado poderá ter aumento de juros

O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) recomendou que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) fixe o teto máximo de juros ao mês em:

a) 2,14% (anteriormente 1,8%) - para as operações de empréstimo consignado em benefício previdenciário;

b) 3,06% (anteriormente 2,7%) - nas operações realizadas por meio de cartão de crédito.

Foi usado como referência, para reajuste do teto das operações de empréstimo consignado em benefício previdenciário, os juros reais anualizados em relação ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), de 16,10%.

(Resolução CNPS nº 1.345/2021 - DOU de 08.12.2021)

Fonte: Editorial IOB


0 visualização

Posts recentes

Ver tudo